2.6.15

Algumas considerações sobre a final da Taça de Portugal.



Os sportinguistas são pessoas ordeiras que dá gosto ver festejar (desculpem, não resisti).
Nunca acreditei que o Braga fosse ganhar.
A derrota dos bracarenses valeu por duas, ou mais. Pobrezitos. E que foi aquilo dos festejos em directo e de repente ah, olha o Sporting empatou. Ou então, oito (!!!!!) adeptos esperaram pelo autocarro. Não se chuta cão morto.
O Conceição até pode ser palerma, mas é um homem muito bem apessoado.
O Marco Silva até pode ser bom treinador, mas eu quero o Jesus.
O Adrien Silva continua lindo de morrer.
Gostei de ver os meus conterrâneos sofrerem pelo Sporting.

Sem comentários:

Enviar um comentário