1.7.12

Ainda não é meia noite


Vou a tempo de registar aqui. O teu aniversário (especialmente o teu) porque como te disse foste o primeiro bebé da minha vida. E hoje és maior que eu. Mas, continuas a caber nestes braços, a ter lugar neste coração - tu sabes, assim espero.
Parabéns

( também para vocês, outras pessoas especiais)

Sem comentários:

Enviar um comentário